Artigo

Memórias da organização docente: narrativas de uma pesquisa

Alcides Leão Santos Júnior

Resumo: 

Aponta-se o percurso metodológico utilizado para desvelar o Movimento das Professoras Primárias da Rede Estadual de Ensino iniciado na cidade de Salvador/BA, em setembro de 1947, como uma mobilização que culminou na criação da entidade representativa da categoria. Utiliza-se a memória dos sujeitos que vivenciaram tal movimento e a aponta como um instrumento de pesquisa capaz de entrelaçar momentos vividos e vivenciados em um tempo-espaço, fazendo, também, um entrelaçamento de olhares entre as memórias dos sujeitos da pesquisa, do aporte teórico e da compreensão de mundo do pesquisador. Em suma, utilizar a memória como metodologia de pesquisa permite compreender a nossa história sob o olhar de quem a vivenciou e tira do esquecimento aquilo que a história oficial sepultou.

Edição:

v. 1, n. 1. 2017

Tema Livre

Seção: Artigos

Palavras-chave: 

Memória, História da Educação, Organização Docente, Procedimentos de Pesquisa.

licence.png

Esta revista está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 International.

  • Facebook

Indexadores, Diretórios e Portais

Latindex
Sumários
Google Academico1.png
diadorim1.png