Artigo

As Cruzadas alfonsinas ad partes africanas: breves apontamentos acerca das operações militares cruzadísticas empreendidas pelo monarca castelhano-leonês Alfonso X (1252-1284) em direção ao norte da África

Rafael Costa Prata

Resumo: 

Alfonso X, Rei de Castela-Leão (1252-1284), fora um dos monarcas mais paradigmáticos do Ocidente Medieval durante o século XIII. Caracterizado a partir do epíteto o Sábio por seus contemporâneos, por conta de sua vastíssima produção cultural, a qual resultou em uma gama de obras de natureza jurídica, histórica, científica, poética, artística e literária, este monarca castelhano-leonês se apresentara, durante todo o seu reinado, também como um eficiente rei-guerreiro. Em nossa abordagem, trataremos de analisar as ofensivas militares cruzadísticas empreendidas por este monarca castelhano-leonês em direção ao Magreb, no norte da África, durante a primeira metade do seu reinado, procurando evidenciar os preparativos militares e ideológicos orquestrados por Alfonso X visando à eficiente consecução destas operações cruzadísticas.

Edição:

v. 1, n. 2. 2017

Dossiê: Temporalidades e Política

Palavras-chave: 

Alfonso X, Cruzada, África.

licence.png

Esta revista está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 International.

  • Facebook

Indexadores, Diretórios e Portais

Latindex
Sumários
Google Academico1.png
diadorim1.png
doaj2.jpg