Artigo

As ações de repressão à Cabanagem: o recrutamento militar de indivíduos “perigosos” para compor a Guarda Policial (1836-1840)

Thailana de Jesus Cordeiro Pereira

orcid.png

Resumo: 

Este artigo analisa as ações de repressão à Cabanagem – mais especificamente, a Reforma Militar – realizada pelo presidente da província do Pará Francisco José de Sousa Soares d’Andrea durante seu governo. Assim, este estudo busca compreender os diversos personagens que foram recrutados para compor as fileiras do Corpo Policial (ou Guarda Policial) de 2ª Linha do Pará, o funcionamento desta instituição militar e sua importância em desarticular o movimento cabano na tentativa de restaurar a ordem imperial na província, assim como os diversos problemas que dificultavam esse objetivo. Dessa maneira, se analisa não apenas como se deu a política de repressão aos cabanos, mas principalmente, abordar uma nova perspectiva dessa política. Para tal análise, utilizou-se como fonte de pesquisa os relatórios dos presidentes de província, os autos de justificação e autos de crimes de processos judiciais.

Edição:

v. 4, n. 2. 2020

Data de publicação:

29 de janeiro de 2021

Dossiê: Memórias de sangue: recordar a violência, escrever a história

Palavras-chave: 

Cabanagem, Pará, Reforma militar, Soares d’Andrea.

licence.png

Esta revista está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 International.

  • Facebook

Indexadores, Diretórios e Portais

Latindex
Sumários
Google Academico1.png
diadorim1.png
doaj2.jpg