pena.png

Artigo

A solidão política no Filoctetes de Sófocles

Mateus Dagios

orcid.png

Resumo: 

O artigo é uma investigação sobre a história das emoções, problematizando a solidão na tragédia grega Filoctetes (409 a.C.) de Sófocles. A historicidade dos sentimentos tem ganhado destaque com uma nova historiografia que reivindica um passado para as emoções, negando sua universalidade. O texto apresenta, por meio de estudo do vocabulário grego, uma relação semântica entre solidão (mónos), doença (nósos) e desertado (éremos), construindo a noção de solidão política. O tema da solidão tem se tornado cada vez mais importante em um contexto de pandemia, em que a solidão foi ressignificada em sua dimensão social. Apresentar a solidão como um problema histórico ajuda-nos a entender suas dimensões sociais como um sentimento e uma emoção.

Edição:
v. 5, n. 1. 2021


Data de publicação:
30 de agosto de 2021

Tema Livre

Seção: Artigos

Palavras-chave: 

história das emoções, solidão, tragédia grega, Filoctetes.