pena.png

Artigo

Cabo Verde e o silêncio em torno da cultura cafeeira durante as primeiras décadas do séc. XIX

Alan de Carvalho Souza

orcid.png

Resumo: 

Em 1803 o cultivo do café foi recomendado a Cabo Verde pelo governo central português. Contudo, o desenvolvimento da lavra não foi mencionado nas correspondências dos governadores, mesmo sendo considerado como o produto de maior riqueza do território. O “reaparecimento” só ocorreu no ano de 1826 na Representação dos comerciantes da praça de Lisboa encaminhada a Real Junta do Comércio em Lisboa, na qual foram apresentados os motivos pela “improdutividade” do arquipélago. O objetivo deste artigo é compreender e explicar a ausência de citação sobre a produção do café exatamente durante o período de sua indicação até sua menção no abaixo-assinado. Indaga-se assim, qual teria sido o motivo.

Edição:
v. 5, n. 1. 2021


Data de publicação:
30 de agosto de 2021

Tema Livre

Seção: Artigos

Palavras-chave: 

Cabo Verde; café; declínio; agricultura.